9.12.08

Extra! Extra!

mudança de planos: Morre Prefeito de Pancas
Cidade luto, eventos cancelados.

Tentamos a tarde inteira alguma outra cidade para mantermos a agenda, fomos muito bem recebidos pela galera de Domingos Martins e fechamos um show relâmpago para cidade.

Confirmado:

NESTA QUINTA!
Sol na Garganta do Futuro + Laptop Violão (RJ)
em Domingos Martins-ES
no Coreto da praça principal
20h30

8.12.08

Chris Clown

Capim Inxada

O Sol na garganta do futuro
um furo nos olhos do presente
Que o passado torna-se escuro
e o calor no sangue se sente

E áspero como um vocal duro
e seco como toque incoerente
e pulsante na veia, no muro
do hostil vale da mente

Olhem os cactos da Vila Velha
Da Vitória que a cachoeira viu
do Espírito Santo que espelha

A angústia acima do Rio
Minha garganta está na navalha
Mas vejo o futuro, mesmo se falha.

Chris Clown
é de São Paulo, escreve, atua e é palhaço. Conheceu nosso trabalho em BH no último mês e escreveu esse poema durante o show.

6.12.08

Os Alquimistas estão chegando

























Essa semana esses três meninos bonitos passarão alguns dias com a gente.
Eles são: Ericson Pires (escritor, professor, cantor e faixa preta de jiu·jitsu), Botika (escritor, cantor e também vocalista da banda Os Outros que tocou com a gente em abril) e Daniel Castanheira (músico, laptop-man de vários grupos, inclusive da banda da Ava e faz trilha sonora, atualmente no programa Larica Total do Canal Brasil).

Juntos eles são o Projeto Laptop Violão, que ficou em cartaz ano passado no Oi Futuro realizando shows mensais sempre convidando poetas, músicos, artistas plásticos e um vj. O Sol na Garganta do Futuro participou no dia 20 de maio de 2007 (foto), bem na estréia do projeto, junto com o poeta Pedro Rocha, a cantora Amora Pêra (do grupo Chicas), Qinho, VJ Simplício e o artista Alexandre Vogler (que cobriu toda área da platéia com plástico bolha revestido de pequenos estalinhos explosivos) .

Separados, dois deles tomam forma de HAPAX, grupo que também vem se apresentar com a gente essa semana numa performance sonora durante a abertura do Seminário Internacional MUNDO VIX. Ericson Pires, Ricardo Cutz e Daniel Castanheira trazem a Vitória uma versão adaptada do projeto “Burro-sem-rabo”, um carrinho de mão usado por catadores e recicladores de resíduos urbanos adaptado com um aparelho de som que reproduz sons e ruídos criados em estúdio, fez parte de duas ações do grupo, em 2006, no Rio, e em 2007, em Belo Horizonte.

O grupo realizará uma deriva por Vitória retrabalhando sons já gravados e captando outros na hora com um pequeno gravador digital, tudo transmitido para o CEMUNI V onde essas informações serão processadas e transformadas em música. O trajeto, rumo a UFES, será apresentado para o público no telão via Google Maps.

Esse processamento de som se dá por um programa – criado especialmente pelo grupo em parceria com o engenheiro cartógrafo Carlos Leonardo Povoa - converte coordenadas de GPS (aparelho de localização via satélite) obtidas em andanças do grupo pela cidade em som e imagem por meio de suas interfaces: um celular usado pelo HAPAX e um computador que fica no "espaço expositivo". A ideia é criar uma cartografia visual e sonora. Os padrões gráficos e sons serão obtidos em regiões diferentes da cidade. Ainda está sendo discutida a melhor forma de executar a obra em Vitória e que espaço ela ocupará.

Serviço:

10/DEZ « QUARTA
Sol na Garganta + HAPAX
Abertura do Seminário Internacional Mundo Vix
CEMUNI V, UFES, 20h
participa ainda: Laptop Violão (RJ)

11/DEZ « QUINTA
Projeto Circulação - Sol na Garganta em Pancas-ES
Auditório da Secretaria Municipal de Educação, às 20 horas.
participação: Laptop Violão (RJ)

13/DEZ « SÁBADO
Festival Omelete Marginal
Praça do Papa- 16 h
Festival de artes integradas, mais de 14 horas de programação



HPP 2009











Estamos pedindo para que nossos amigos postem um comentário no link : http://2009.humaitaprapeixe.com.br/oinovosom/sol-na-garganta-do-futuro/ dizendo pra organização do Festival Humaitá Pra Peixe 2009 porque a gente tem que tocar no evento. A idéia da promoção é convencer a produção do HPP a chamar o Sol.

Valeu a força! Agradecemos a galera que já comentou!

3.12.08

Programação Completa

PROGRAMAÇÃO DIA 01

DIA 13 DE DEZEMBRO / SÁBADO - PRAÇA DO PAPA – VITÓRIA

FESTIVAL DE ARTES INTEGRADAS

12h - Warm Up Dj’s + Promoções

14h - Atração SURPRESA by Antimofo!

14h40 - Intervenções Urbanas de Elaine Pinheiro

15h - Show: Mevoah

15h40 - Dança: Balé África Brasil

16h - Show: Sol na Garganta do Futuro

16h40 - Desfile: Daniel D’ávila

17h - Show: Lion Jump

17h40 - Performance do Grupo Z de Teatro

18h - Show: Gustavo Macaco + VJ’s Videorama

18h40 - Exibição do curta metragem "Eu que nem sei francês"

19h - Show: Fê Paschoal + Expurgação Live

19h40 - Exibição do curta-metragem "Contra Maré" + Esquete teatral: Cia. Taruíras Mutantes

20h - Show: Mickey Gang + live act de Mônica Nitz (pintura)

20h40 - Duo Joe-Zee + Desfile: Kessy Borges

21h - Show: Supercombo + live act de Oril Hilal (grafite)

21h40 - Fotonovela "Marlboro Vermelho" + Set: DJ Buteri

22h - Show: Alexandre Lima + VJ Fábio Zamborlini

22h40 - Exibição do curta-metragem "Fracasso" + Videoarte: Lamartine Neto

23h - Show: Tamy + VJ’s Mirabólica

23h40 - Set: DJ Rike Sick + Performance de Gabi Lima

00h - Show: J3 + live act Fred Fredone (grafite) + Ultimate B.Boys (break)

00h40 - Set: DJ Kali

01h - Show: Solana

01h40 - Batalha de VJ's: Mirabólica vs Videorama + Set: DJ Monk Ponk

02h - Show: Zémaria + VJ: Fábio Zamborlini

+ Exposições Fotográficas: de Manoela Chiabai e Lucas Aboudib
SERVIÇO
Dia: 13 de dezembro de 2008 – Sábado
Local: Praça do Papa, Enseada do Suá, Vitória/ES
Horário: 12h (meio dia) às 02h (duas da manhã)
Ingressos: ENTRADA FRANCA
Contato: conteudo@inspire.art.br / 99385224 – 32333252 / Luciano Coelho

PROGRAMAÇÃO DIA 02
DIA 14 DE DEZEMBRO / DOMINGO – HOTEL SENAC (ILHA DO BOI) – VITÓRIA

PRÊMIO OMELETE MARGINAL

Apresentação: Sanny Lys, Reginaldo Secundo e Dani Moraes

26 categorias

130 indicados

Performances Ao Vivo de:

Casaca

Vitória Hard Rockers

Mc Adikto

Amigos do Rei

Nave S.A

Amaro Lima

Afonso Abreu e Aurora Gordon

Homenageado do Ano: AFONSO ABREU

SERVIÇO
Dia: 14 de dezembro de 2008 – Domingo
Local: Hotel Senac, Ilha do Boi, Vitória/ES
Horário: 18h às 22h

Ingressos: Convidados e sorteados pelo site www.iu.art.br ou Rádio Cidade FM

Contato: conteudo@inspire.art.br / 99385224 – 32333252 / Luciano Coelho

Festival Omelete Marginal

O Festival Omelete Marginal é um desdobramento da revista eletrônica de mesmo nome, fundada em dezembro de 2007 pelo agitador cultural Fred Entringer. A revista Omelete Marginal nasceu num período-chave, de renovação do cenário artístico no Espírito Santo. Com foco na cadeia criativa do Estado, segue com a proposta de contar histórias e revelar ídolos através de entrevistas, reportagens, matérias, artigos e crônicas, tudo com inteligência, objetividade, irreverência e polêmica. Com esse conceito, faz sucesso, e hoje já é a principal referência on line do ES quando se fala em cultura local. De corpo multimída, a OM é uma publicação para ler, ver e ouvir.

A revista Omelete Marginal, que fica hospedada dentro do portal cultural IU – Intervenções Urbanas (www.iu.art.br), logo ficou conhecida entre a classe artística e formadores de opinião, tornando-se referência por permitir a livre expressão, tanto de artistas, quanto de seus colaboradores, fazendo notícia com artigos pungentes sobre música, cinema, literatura, dança, fotografia, artes plásticas, teatro, comportamento e política. A revista tem em seu corpo editorial um de seus grandes diferenciais, ampliando o debate ao dar voz a um coletivo de grande expressividade e representatividade, formado por realizadores sem amarras. Reflexo da juventude, da geração MP3, a Omelete Marginal vem acompanhando a evolução da cultura pop no Espírito Santo, discutindo, problematizando e promovendo a renovação, sem jamais perder o tom crítico. Apoiada nos fundamentos democráticos trazidos pela web, a revista ultrapassa os limites do estado, reverberando por todo país, levando a cultura local para além das divisas.

O EVENTO
Depois do “Dia D” e do “Festival de Alegre”, o ES volta a ter um grande festival! Nos dias 13 e 14 de dezembro de 2008, quando a revista completa 01 ano, Vitória, capital do ES, recebe a primeira edição do Festival Omelete Marginal, um evento multifacetado, fundamentado nos princípios de coletividade e conectividade. Música, cinema, teatro, dança, moda, fotografia, artes plásticas, visuais e digitais convergindo num mesmo espaço, criando uma grande rede cultural potencializada por conexões entre pessoas.

O festival surge com o propósito de mapear a movimentação artística no ES, descobrir quem são, onde estão e o que fazem as mentes mais criativas do Estado. Reunindo artistas e bandas que estão se destacando num novo modelo de mercado cultural capitaneado pela internet, o Festival Omelete Marginal está promovendo o diálogo entre os agentes culturais do ES, estimulando a formação de novas platéias e a difusão da produção artística local. Mais do que tudo, o festival pretende incentivar a produção autoral, integrando a nova geração de artistas capixabas. Assim, focando no trabalho em rede, cooperativista, o evento está inserindo o Espírito Santo no calendário anual de festivais, conectando o Estado com o Brasil e fomentando a cena local, envolvendo artistas, produtores e comunicadores, revelando novos nomes para o cenário cultural local e brasileiro.

A programação do Festival Omelete Marginal 2008 é amplamente variada e centrada na produção artística local, São mais de 35 atrações, num DIA INTEIRO DE PROGRAMAÇÃO com 12 shows, desfiles de moda, exibição de curta-metragens, apresentação de esquetes teatrais, performances de dança, intervenções urbanas e live acts com VJ’s, DJ’s, artistas plásticos e fotógrafos, além de uma premiação - que acontece no dia seguinte - onde o público, através de votação pela internet que segue até ESTE domingo, dia 07 de dezembro (www.iu.art.br), vai dizer quem são os destaques no cenário cultural do Espírito Santo em 26 categorias.

REALIZAÇÃO
O Festival Omelete Marginal é uma idealização do portal IU – Intervenções Urbanas e uma realização do IU em parceria com a produtora INOVA e a agência INSPIRE.

PARCEIROS DO EVENTO
Vivo, Secretaria Municipal de Cultura de Vitória, Secretaria de Estado da Cultura (Secult), Sebrae, CDV (Cia de Desenvolvimento de Vitória), TV Gazeta, IAPA, Ragazzo, Rádio Cidade FM, Olhos Coloridos e DM Equipamentos.